;

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Cantigas de Amor

Este tipo de cantiga tematiza a confissão amorosa do homem em relação a uma mulher geralmente lamentando o seu sofrimento de amor ( coita) diante da indiferença da mesma . Sendo o homem quem fala , costumamos dizer que se trata de um "eu-lírico"masculino .

O amante posiciona-se inferiormente à mulher , divinizando-a , a ponto de se estabelecer uma relação de "senhor"para vassalo . Ela é o seu "senhor"( não existia a palavra "senhora") , dona do destino do apaixonado , o qual busca um a linguagem e atitudes cuidadosas para não ofendê-la , inclusive , omitindo , o nome da amada . Esse comportamento e essa relação caracterizam o amor cortês , em que a mulher é sempre vista como merecedora de todas as atenções , gentilezas e considerações da parte daquele que a deseja .

A posição de inferioridade , em que se coloca o apaixonado , torna quase sempre a sua cantiga um lamento , expressão do sofrimento amoroso . Esse sentimento era chamado de coitas . A insistência com que essa temática aparece nas Cantigas de Amor torna-as repetitivas . Apesar disso , a Cantiga de Amor , foi o tipo de produções mais importante dentre as cantigas . Em primeiro lugar por ter sido produzido por compositores ligados à nobreza , o que , quase sempre , garante maior riqueza vocabular e estruturação técnica de melhor qualidade . Em segundo lugar , por se dirigir a um público mais culto . Veja o texto abaixo :

"Tam grave dia que vos conhoci ,

por quanto mal me vem por vós , senhor !

ca(1) me ven coita , nunca vi mayor ,

sen outro ben, por vós , senhor , des i (2)

por este mal que mh'a mim por vós ven ,

come se fosse bem , ven-me por em

gran mal a quem nunca o mereci .



Ca , mha senhor , porque vos eu servi ,

sempre digo que sode'la(3) milhor

do mund'e trobo polo (4) vosso amor ,

que me fazedes gram ben e assy

veed'ora(5) mha senhor do bon sen , (6)

este bem tal se compre (7) en mi rrem (8) ,

senon , se valedes vós mays per y (9) .

Mais eu , senhor , en mal dia naci .

del que non tem , nem é conhecedor

do vosso bem , a que non fez valor

Deus de lho dar , que lhy fezo bem y ,

per, (10) senhor , assy me venha bem ,

deste gram bem , que el (11) por ben non tem ,

muy poyco del seria grand'a mi .



Poys, mha senhor , rrazon é , quand'alguen

serv'e non pede , já que rem lhi den ;

eu sservi sempr'e nunca vos pedi. "

(D. Afonso Sanches )



Vocabulário : 1-porque ; 2-desde então ; 3-vós sois ; 4-trovo pelo ;

5-vede a hora ; 6-bom senso ; 7-se cumpra

Rodrigo Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário